segunda-feira, maio 16, 2005

porque a História não o absolverá



Aprecio a comicidade lírica das gentes comunistas que se acham permanentemente na circunstância amnistiante de que a História os absolverá.

Mais, aprecio o gosto das revelações de inestivável valor de diagnóstico político: ser-se comunista é achar-se mais alto, maior do que os homens e que as leis que os regem, mais alto que a moral, mais alto que o sentido e os direitos da humanidade, mais alto o tempo, mais alto que a História.

Terrível sina que os acompanha e que os condena a uma intransponível barreira de incumprimento político: porque se fundam no maior dos equívocos políticos da História do Homem - que felizmente não se repetirá.

Porque a História não os absolverá.

1 Comments:

At 10:03 da tarde, Blogger O de boa memória said...

"Se Estaline teve o seu papel na vitória ao lado do povo, Gorbatchov teve o papel principal na derrota do socialismo, acompanhado apenas por arrivistas e traidores de que se rodeou"
Leonel Martins in, Avante.

Esta relativização da História só nos pode conduzir a uma conclusão:
Se tudo é relativo, então o canibalismo é uma questão de gosto gastronómico.

E definem-se eles como os país da democracia portuguesa. Haja paciência e tolerância.
A mim já me vai faltando.

Condottieri.blogspot

 

Enviar um comentário

<< Home